Considerada como uma das melhores formas de se hospedar pelos viajantes, sejam casais ou aventureiros solo, as pousadas têm cada vez mais ganhado espaço no cenário do turismo e hospedagem. São conhecidas por serem um serviço mais pessoal, tendo funcionários que por vezes são da mesma família.

E, com o setor turístico voltando a aquecer no final de 2021, agora que o Brasil e o mundo já avança na vacinação contra a COVID-19, muitos empreendedores também estão querendo investir em sua própria pousada. E, então, surgem dúvidas: como posso montar um plano de negócio para que minha pousada dê certo?

É por isso que neste artigo trouxemos algumas dicas para você que está pensando em construir uma pousada, começar seu plano de negócios e se preparar para tudo que pode acontecer.

O que deve estar no plano de negócios?

O plano de negócios é o que vai definir se o seu estabelecimento é viável ou não e em quanto tempo ele vai começar a dar lucro.

Tudo o que você precisa para fazer a sua pousada funcionar deve estar nele: orçamento financeiro – desde o planejamento e construção até quanto precisa por mês para manter o negócio funcionando -, legislação e equipe, tudo sobre a estrutura física da pousada.

Esse documento irá nortear o caminho que você, empreendedor, deve seguir para que as coisas deem certo, mas é claro que pode sofrer alterações ao longo do processo.

Como construir o plano de negócios para a pousada?

A melhor forma de construir seu plano de negócios é fazer uma lista com todas as informações que ele deve conter e então pensar em cada item separadamente.

Projeção de faturamento

Uma pousada normalmente possui um custo inicial muito alto, por isso, é preciso analisar o mercado, verificar a concorrência, qual a média de hóspedes e gastos para conseguir fazer sua projeção de faturamento ao longo do tempo.

Lembre-se de realizar uma projeção otimista, realista e pessimista, você precisa estar preparado para todos os cenários.

Quem é o seu hóspede?

É muito importante pensar em qual tipo de público você quer atrair, pois isso vai influenciar no local em que sua pousada estará, a decoração, preços cobrados, eventos.

Definir esse perfil é importante para pensar depois em um plano de marketing também.

Recursos financeiros, legislação e impostos

Para tornar um negócio legal, é necessário pagar vários impostos, verifique todos os que são necessários – que podem variar de acordo com o tamanho da sua pousada – para encaixar no seu orçamento.

Seguindo, faça um levantamento de todos os seus recursos financeiros para depois pensar na estrutura física da pousada, pois assim você já vai “sonhar com os pés no chão”, sabendo até quanto pode gastar.

Uma dica extra é: invista em um bom sistema de gerenciamento para sua pousada , pois você terá uma dor de cabeça a menos no seu dia a dia.

Não deixe de navegar pelo nosso blog e conferir outros artigos sobre hotelaria. Aproveite e leia também Hotéis: aprenda a fazer um bom plano de negócios
Com essas dicas em mente, é hora de começar o plano de negócios para que sua pousada saia do papel e se torne realidade. E, se deseja saber mais sobre o sistema de gerenciamento online para pousadas, entre em contato e vamos conversar.

error: Reprodução parcial ou total deste conteúdo não é permitida

Gostaria de receber dicas como essa em seu email?


Inscreva-se em nossa newsletter!

Por favor, verifique o seu email para confirmar a inscrição