O turismo passa por um momento delicado em que a boa gestão faz toda a diferença não só para se destacar no mercado, como principalmente, para permanecer nele. Dessa forma, os softwares se tornam complementos fundamentais nessa empreitada, de modo a auxiliar no gerenciamento de hotéis e pousadas, tanto para facilitar as operações do dia a dia, como ao oferecer uma base sólida para estabelecer um crescimento fértil.

Pensando nisso, confira a seguir quais são as 5 funções que não podem faltar em um software para uma boa gestão de hotéis e pousadas.

O que não pode faltar em um software de gestão de hotéis?

1. Acompanhamento ágil e intuitivo de ocupação

Com um bom software de gestão você consegue acompanhar em poucos cliques como está a ocupação do estabelecimento em qualquer data do mês vigente ou seguintes.

É interessante que seja possível fazer esse acompanhamento com agilidade, especialmente para poder passar uma visão ampla, detalhada e real para os futuros hóspedes. Uma boa forma de fazer isso é por meio de um software que permita a visualização das datas de diferentes maneiras (por semana, quinzena ou mês) e com cores que indiquem diferentes estados de ocupação.

2. Possibilidade de acesso off-line

Um problema bem comum de pousadas e hotéis, especialmente os mais afastados, é com períodos de instabilidade de internet. Dessa forma, é fundamental que o software de gestão escolhido dê uma opção de gerenciamento off-line para que seja possível consultar estadias ativas e visualizar informações necessárias do dia a dia (como consultas de despesas, pagamentos, ocupação) mesmo durante essas instabilidades.

3. Integração com os principais canais de reserva

Um bom software de gestão também deve estar integrado aos demais canais de reservas, tais como booking, expedia, decolar.com, hoteis.com e outros. A sincronização da disponibilidade é muito importante para evitar confusões – já imaginou um mesmo quarto reservado para dois públicos diferentes? Grande problema, mas facilmente evitado com um bom PMS integrado a um Gestor de Canais.

4. Check-in on-line

Oferecer check-in on-line também é uma funcionalidade que, apesar de nova, deve ser considerada na hora de contratar um software de gestão – especialmente em tempos de coronavírus -, pensando em facilitar os processos na recepção e proteger os hóspedes e funcionários.

5. Boa relação custo-benefício

Por fim, mas não menos importante, um bom custo-benefício também é primordial na hora de fazer essa escolha.

Tudo isso você encontra no hotelflow

Agora você já sabe quais são as funções que definitivamente não podem faltar em um software de gestão de hotéis e pousadas. Afinal, entende-se que esse sistema deve ser um complemento para que seja possível promover o crescimento do estabelecimento, melhorando o gerenciamento do mesmo e mantendo alto padrão durante as altas temporadas.

Para ajudá-lo nessa empreitada não poderíamos deixar de destacar o hotelflow, um sistema completo para gerenciamento de pousadas e hotéis que permite que você faça tudo com facilidade e praticidade e que conta com todas as funcionalidades destacadas ao longo deste material.

Esperando o que para fazer o teste?

Que tal solicitar uma demonstração? Entre em contato com a equipe via WhatsApp e fale agora mesmo com um consultor!

error: Reprodução parcial ou total deste conteúdo não é permitida

Gostaria de receber dicas como essa em seu email?


Inscreva-se em nossa newsletter!

Por favor, verifique o seu email para confirmar a inscrição