A tecnologia na hotelaria é algo indispensável. Hoje, para oferecer bons serviços, é preciso estar por dentro das últimas atualizações e novidades.

Acompanhar as mudanças tecnológicas é cada vez mais importante para quem trabalha com serviços de hospedagem. As pessoas buscam praticidade e, acima de tudo, conforto. Você já ouviu falar de alguém que pretende ficar sem internet? Só se for para um retiro longe da tecnologia.

Caso contrário, os hóspedes querem estar conectados e ver modernidade nos locais em que escolheram para se hospedar durante uma viagem, seja ela longa ou curta.

Nesse artigo você irá descobrir quais são as principais tendências de tecnologia na hotelaria.

Quais são as tendências da tecnologia na hotelaria?

Será que você já utiliza todas as tendências da tecnologia na hotelaria?

Confira abaixo quais são elas:

Plataformas de atendimento

Os hotéis precisam estar preparados para atender seus clientes não apenas pessoalmente, mas através das mais variadas plataformas de atendimento. Créditos: Fasterm.

O bom atendimento é o que garante a conquista de um novo cliente. Essa regra sempre foi válida, mas agora é preciso incluir a tecnologia na hotelaria. Além do telefone e do atendimento presencial, é importante que você consiga responder às pessoas em qualquer lugar e a qualquer momento.

Redes sociais, como Facebook e Instagram, site, e-mail e até mesmo WhatsApp podem fazer parte da rotina da hotelaria. O site deve trazer mais informações e pode permitir que a reserva seja feita on-line. O e-mail pode contar com uma resposta automática, indicando que o contato foi recebido e, em breve, será respondido.

Esta situação também vale para as redes sociais. O Facebook pode contar com chatbots, e o Instagram e WhatsApp com respostas automáticas para os horários em que não há ninguém disponível para atender. Assim, as pessoas não se sentem ignoradas e têm a certeza de que irão receber uma resposta.

Importante lembrar uma coisa: não ignore completamente a interação humana. Os chatbots e as mensagens automáticas ajudam, em um primeiro momento, mas, assim que possível, coloque alguém para assumir a responsabilidade pelas respostas e dar continuidade à conversa.

Serviço de quarto

O serviço de quarto pode ser agilizado quando se usa a tecnologia na hotelaria. Créditos: Senac.br

Que tal facilitar as coisas para seus hóspedes e até mesmo para os colaboradores? Use a tecnologia a seu favor e desenvolva um método on-line para que os clientes possam avisar sobre necessidade de troca de lençóis ou reabastecimento do frigobar.

Pode ser através do WhatsApp, por exemplo. Imagine que o cliente já saiu do hotel, mas se esqueceu de avisar na recepção que gostaria que os lençóis fossem trocados e, neste dia, não há troca feita pelas camareiras? Ele pode, então, enviar um WhatsApp e solicitar o serviço, mesmo que já tenha ido para o seu compromisso e retorne ao hotel mais tarde.

Outra dica é investir e criar um aplicativo próprio para o serviço de quarto. O ideal é que possa ser baixado no celular ou acessado via mobile, para que o hóspede possa solicitar o que precisa.

Chave virtual

Em vez de chaves ou cartões, aposte no smartphone como forma de liberar o acesso do hóspede ao quarto

Existem aplicativos que criam uma chave virtual, permitindo que a pessoa acesse o seu quarto usando seu próprio celular. Isso torna a estadia mais prática, já que não será necessário carregar um cartão de acesso ou uma chave. Sem contar que diminui os riscos de a pessoa perder esses objetos. Tudo o que ela precisa para entrar em seu quarto está em suas mãos azul.

Essa tecnologia ainda é uma novidade, mas vale a pena, já que reduz custos. Cada vez que uma pessoa chega para se hospedar, recebe uma chave virtual, que fica em seu smartphone para acessar o quarto. E essa chave muda mesmo que outra pessoa venha a ficar no mesmo quarto depois.

Sistema de gestão

Usar um sistema de gestão facilita na hora de verificar e controlar reservas e estadias em seu estabelecimento. Créditos: Wappa Táxi.

Os sistemas de gestão surgiram para facilitar a vida do setor hoteleiro. E a boa notícia é que você pode contar com um programa destinado especificamente a esse fim. O hotelflow permite que você gerencie o seu negócio aonde quer que esteja, precisando apenas ter um computador, tablet ou celular com acesso à internet.

O sistema é fácil de usar, não exige fidelidade e você pode instalá-lo em seu computador, se preferir ter acesso off-line. Você pode controlar estadias, fazer integração com canais de reserva, como o Booking e o decolar.com, e ter total controle das reservas feitas.

É possível escolher entre a edição gratuita, Starter ou Premium. Basta ver se o seu estabelecimento se encaixa dentro dos pré-requisitos. Além disso, você pode testar a ferramenta totalmente sem compromisso.

Reservas

As reservas podem ser feitas totalmente on-line, tornando o processo mais ágil. Créditos: 1office.co

Apostar nos programas ou aplicativos de self booking é uma forma bastante prática de reduzir custos. Toda a reserva é feita pela própria pessoa, que determina o tempo de estadia, o tipo de quarto e os serviços adicionais que deseja. Nisso, o app se comunica com o seu sistema de gestão e a reserva pode ser confirmada.

Dessa forma, é possível deixar o pedido mais detalhado, sem riscos de se esquecer de nada do que foi solicitado, e oferecer descontos para os clientes. Determinados dias que são de baixa procura, por exemplo, já podem aparecer automaticamente com valores reduzidos.

A ferramenta reduz custos para seu hotel, o que permite que você ofereça tarifas menores e mais descontos. Sem contar que todos os dados ficam armazenados no sistema e você consegue oferecer um atendimento melhor e mais personalizado, já que sabe exatamente o que o cliente deseja.

Concierge eletrônico

O concierge eletrônico é uma tecnologia na hotelaria que torna o atendimento moderno, já que o cliente pode ser atendido na língua que desejar. Créditos: New York-New York Hotel & Casino.

Para atender o máximo possível de pessoas, é interessante ter em seu hotel alguém que fale diversas línguas – ou, ao menos, o inglês e o espanhol. Mas, se seu hotel só oferece o serviço de concierge em português, não há problemas: aposte no concierge eletrônico e melhore a relação hóspede-hotel.

Você pode disponibilizar o serviço no próprio site da sua empresa ou investir em um aplicativo personalizado. O hóspede poderá ter acesso a telefones úteis, localização de farmácias e hospitais, serviços de transporte, programação cultural da cidade, áreas de lazer do hotel, cardápio e até o horário de atendimento da cozinha ou restaurantes.

O ideal é que esse sistema seja implementado em vários idiomas, mas vale comentar que é indicado apenas para quem recebe com frequência hóspedes de outros países. O atendimento se torna único e personalizado, além de facilitar a comunicação entre colaboradores do hotel e os estrangeiros.

Marketing digital

O marketing digital tem grande influência nos negócios atualmente e não estar presente na internet equivale a não existir. Créditos: César de Deus

Se há uma tendência de tecnologia na hotelaria que não pode ser ignorada é o marketing digital. Não estar presente na internet é praticamente se condenar a não existir. Inclusive, porque a maioria das pessoas está sempre conectada e encontra o que quer através de uma busca rápida no Google.

Ter um site é requisito básico, mas não fique apenas nisso. Crie uma página no Facebook – e a alimente com frequência –, um perfil no Instagram e outro no Twitter. Tenha um número de WhatsApp exclusivo para o hotel.

E não poste apenas ofertas ou novidades sobre o seu negócio. Invista no marketing de conteúdo. Fale sobre coisas simples, como o que esperar de um hotel cinco estrelas, quais serviços são os preferidos dos hóspedes, entre outros. Assim, você acaba sendo encontrado mais facilmente.

O melhor de tudo é que esse conteúdo não precisa estar em um blog. Se você não quiser fazer textos longos, seja criativo e envolvente naquilo que posta nas redes sociais. Vá além do “esse é o meu hotel e quero que você se hospede nele porque sou o melhor”. Deixe que as pessoas tirem as suas próprias conclusões e descubram o seu hotel.

WI-FI de qualidade

Ter um bom serviço de Wi-Fi é essencial para deixar seus hospedes satisfeitos. Créditos: Blog da informática.

Como dito no começo do texto, é muito difícil alguém ficar desconectado nos dias de hoje. A não ser que o objetivo seja alguma espécie de retiro para fugir da tecnologia. Em qualquer outra situação, as pessoas desejam continuar conectadas e mais: querem ter acesso a um bom serviço de Wi-Fi.

Sua rede deve funcionar bem em todos os quartos, de forma que as pessoas possam usar notebooks e celulares sem precisar gastar seu pacote de dados. Invista neste serviço, pois é a primeira coisa que seus hóspedes vão perguntar ao chegar: a senha do Wi-Fi.

Além de forte, o sinal precisa ser estável e ter boa velocidade, de forma que seja possível realizar atividades básicas, como envio de mensagens por apps até conferências via vídeo chamada – requisito essencial para quem recebe clientes corporativos.

Você já conhecia essas tendências de tecnologia na hotelaria? Já investiu em alguma delas para o seu hotel? Comece hoje mesmo a ficar por dentro da modernidade e conquiste ainda mais clientes!

E, se quiser saber mais sobre o assunto, continue a acompanhar as novidades do blog!

Gostaria de receber dicas como essa em seu email?


Inscreva-se em nossa newsletter!

Por favor, verifique o seu email para confirmar a inscrição